sexta-feira, 29 de junho de 2012

Diário do Pedro

Boa tarde queridas e queridos!!!!! E vamos falar de coisas boas!!!! 
Hoje fomos ao INCA. As 4:30 o carro da Record já estava aqui! Não estou acostumada com tanta pontualidade, sempre brigando pelo transporte da prefeitura que sempre atrasou, levei um susto e respirei muito aliviada por terem chegado cedinho. Pedrinho estava em dieta zero,pois precisa ser sedado para o procedimento, mas em nenhum momento reclamou, só pediu água quando chegamos lá, mas também, ele já foi ligado no 220, 2 horas dentro do carro acordadinho e já chegou colocando fogo no INCA.
Pontualmente as 9, a anestesista veio falar comigo sobre como e o que seria feito no Pedro, e como ele não tem cateter, o pouparam da sedação venosa num primeiro momento, ele foi sedado com gás...sem precisar ser furado! Caso o procedimento fosse demorar muito, ai sim precisaria de puncionar veia, mas ele estaria dormindo e não iria sentir nada.
E eu, com o coração na mão só em pensar em deixa-lo sozinho, pude entrar em ele na sala de procedimento até que ele dormisse...e lá ele ficou, quietinho, dormindo...sai da sala e em 17 minutos me chamaram pra pegar o Pedrinho, ele ainda estava dormindo, mas os médicos preferem que a mãe acorde a criança pra que ela não se assuste.
Aos poucos e com muito beijinho fui acordando o Pedro, que quando ouviu a palavra "coxinha" rapidinho abriu os olhos, deu tchau pra todo mundo, me agarrou e fomos embora!!!!!
Ninguem dizia que ele tinha acabado de sair da sedação, estava ótimo e com muuuuuita fome!!!
As radioterapias começarão na terça-feira, dia 3, e a Record vai enviar um carro pra nos levar todos os dias que forem necessario pro Pedro fazer as radios!!!
E saindo do INCA encontramos a Claudia Pinheiro, que foi se cadastrar como doadora de medula, a conversa não demorou muito pois o Pedro estava com muita fome, mas ela ganhou um beijinho cheio de "gás".
Antes das 10 da manhã estavamos liberados pra virmos pra casa. E chegamos em casa antes do meio-dia!!!!!!!
Pedrinho tá ótimo, teve até que levar uma bronca pra dormir, e está dormindo até agora.
Quero agradecer de todo coração a TV Record que está nos ajudando com o transporte pro Pedro. Só em saber que não preciso ficar brigando pra conseguir isso, ou ficar tão preocupada em pensar se a prefeitura vai mandar o carro ou não... Nossa, isso já alivia muito a tensão que sinto com o tratamento e com cada etapa que passamos. E ao motorista, o Leonardo, super gente boa, muito paciente e responsável, que nos levou com muito cuidado. E minha mãezinha que foi com a gente e levou uma canseira danada do Pedro, que a fez subir e descer uns 3 andares de escada só por diversão!!!



E que venha as radioterapias... porque o super Pedrinho está preparado pra elas, e quem o preparou, é o mesmo que tem nos guardado e nos livrado de todo mal, que nunca nos desampara e que nos mostra todos os dias que Ele tem estado na frente de tudo na nossa vida.
Eu entreguei meu filho nas mãos do Senhor, e Ele tem cuidado e fortalecido o Pedro, todos os dias!
Obrigada por tudo Senhor!



Um sorriso bem lindo pra todos os que torcem pelo Pedrinho!!!!

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Diário do Pedro

Amigos, peço desculpa pela ausência, mas os últimos dias foram corridos e no final estava tão cansada que não conseguia vir aqui.
Graças a Deus, ganhamos muita coisa pro Artur, ganhamos o berço, o colchão, bebê conforto, banheira, kit berço, cadeirão e um monte de ropinhas, além de 40 pacotes de fraldas pro Pedro... e até eu ganhei presente, ganhei uma almofada para amamentação!! tudo doado com muito carinho por pessoas maravilhosas, Glauciê, Vanessa, Flávia, Danielle e a Pat que está fazendo o chá de bebê virtual, e a Bárbara que fez a campanha de doação de fraldas na escola onde o filho estuda!!!!! Obrigada queridas!!!!!
 O Pedro está muito bem. Na terça-feira ele foi ao ortopedista e foi diagnosticado uma diferença de tamanho na tibia esquerda, isso faz com que o Pedro sinta dores nas perninhas, pois ele tem dificuldades para andar, mas nunca impediu que ele corresse e fizesse todas as safadezas que ele sabe! Mas ele terá que usar as botinhas ortopédicas para corrigir isso. O ruim é que ele terá que usar as botinhas, e o bom é que foi diagnosticado bem cedo, e conseguiremos corrigir isso.
Amanhã temos consulta no INCA, Pedrinho vai fazer a simulação no aparelho de radioterapia, e assim fazer as medidas para começar as radios com o "capacete alemão", é chamado assim pois as frequencias de radioterapia será direcionada apenas na cabeça dele. Mas amanhã não terá radiação, apenas os testes. Mas ele terá que ir em jejum e será feito anestesia geral, pois ele não pode se mover dentro da máquina. e eu não poderei entrar na sala de radioterapia por estar grávida, assistirei por um monitor que fica na sala de espera.
mas sei que Deus já está me dando tranquilidade e força pra ver meu filhinho sozinho num local que ele nem imagina.
Deus está no controle de tudo e já deu certo.
E enquanto eu fico imaginando como deixar meu filho sozinho numa sala de radioterapia... o Pedrinho tá assim...

Assim que chegaram as coisinhas do Artur, alguém ficou cheio de ciúmes, disse que era dele, sentou na cadeirinha e igual a um velhinho... dormiu por ali mesmo!!!!





E o que que eu faço com esse carinha??? ele faz toda essa "arte" achou o máximo, e ainda me pergunta: "- Tá indo? " me perguntou se tava lindo!!!!  e não é que estava mesmo!!!!




A diversão do Pedro.. ir ao supermercado!!!! Já encheu o carrinho dele,  só de geleia e suco!!!!


E assim vamos conquistando cada dia!
Independente de todos os obstáculos que temos que enfrentar, tudo passa... até os momentos dificies passam... Em breve estaremos livres da Leucemia, livre do tratamento e poderemos concentrar nossa força em ajudar as pessoas que passam pelo mesmo problema. O Pedrinho já venceu a Leucemia, eu creio nisso.
E nessa nova fase do tratamento Deus já está no controle de tudo, e passaremos por ela com louvor!!!!

Com fé a gente consegue!!!!!

sábado, 16 de junho de 2012

Diário do Pedro- somos filhos de Deus!!!!!

E sabe aquele dia que tinha tudo pra dar errado? Pois é, o de ontem poderia ter sido assim, mas a obra de Deus é completa... e o nosso dia, foi abençoado pelo Senhor, cada segundo.
Ontem, Pedro tinha exames de sangue pra fazer, estavamos em campanha de oração pra que os Leucócitos dele baixassem e ficassem entre 2 e 3 mil, pois estavam o dobro disso.
Fizemos uma corrente de oração segunda-feira, pedindo pela Brenda e pelo Pedro Henrique que se encontravam na UTI, e pelo nosso Pedrinho que estava com os exames alterados. Os dois pequenos que estavam na UTI sairam de lá, para honra e glória do Senhor, e estão bem, ainda internados, mas agora já estão no quarto e bem.
Só faltava mesmo o nosso Pedro.
E ontem foi o dia de irmos fazer os exames.
Solicitei o transporte da prefeitura, que deveria ter chegado as 6 da manhã e chegou as 7, uma ambulância, sem cinto de segurança, com os equipamentos enferrujados, só uma janelinha pra ventilação, tudo muito comprometido. Já atrasados, pois tinhamos que chegar no hospital as 8, o motorista resolveu fazer o trajeto que demora quase 3 horas em 1 hora.
Saímos com a sirene ligada e a mil por hora... em 30 minutos já haviamos percorrido uns 35 km. Na avenida Brasil, em horário de pico, com tudo congestionado!!!!!! até que fomos obrigados a parar, a ambulância chocou-se contra um caminhão.
E lá estavamos nós, eu, minha mãe, Pedrinho e Artur, aflitos, nervosos, assustados e com dor! No meio da pista do meio da avenida Brasil.
Na batida, tive que segurar o Pedro com muita força pra que ele não caísse no chão da ambulância, minha mãe se segurou na janelinha e eu apertei o Pedrinho contra o Artur... Pedro vomitou e começou a reclamar de dores na barriga. Eu estava tentando manter a calma pra conseguir raciocinar, e minha mãe estava com o Pedro no colo tentando fazer com que ele se acalmasse.
O Motorista da ambulância, completamente errado, ainda tentou entrar em discussão comigo, querendo estar com a razão, mas ele sabia que estava errado. Fiquei ainda mais nervosa. Liguei pra policia, e fiz o registro pelo telefone, pedi um auxilio pra conseguir tirar meu filho dali. Passaram no local do acidente 3 viaturas, 6 motos da policia, e 3 carros ( S10 ) do corpo de bombeiros, e ninguém parou. o acidente aconteceu na frente de uma cabine da policia militar, na altura do trevo que dá entrada pra linha vermelha, havia uma viatura na frente da cabine e um policial lá dentro, pedimos ajuda e ele, em gestos, disse pelo vidro que não podia sair de dentro da cabine.
O Motorista, só queria limpar a barra dele, e eu só queria tirar meu filho dali.
Então liguei pra uma amigo, o Major Gil, da Defesa Civil do rio, que na hora se prontificou a ajudar e disse que em 10 minutos uma viatura chegaria até onde estavamos e nos levaria ao hospital. Durante o tempo de espera, uma viatura do BPMRV passou pelo local e se disponibilizou a nos levar até o hospital, aceitei a ajuda na hora, e o Sargento conversou no telefone com o Major e nós levou até o hospital em segurança.
Chegamos no hospital, e fomos direto pra emergência, a dra Aline estava lá e solicitou exames de sangue, urina e ultrassonografia do abdomem, deu pro Pedro um remedio pra dor, e ficamos torcendo pra que as plaquetas dele não estivessem baixa, pois se estivesse, Pedro teria que fazer uma tomografia da cabeça pra saber se havia algum sangramento devido ao impacto.
Por volta da 13 horas, os exames começaram a sair, a ultrassonografia não deu alteração, o exame de urina não deu alteração, e os exames de sangue...deram alteração!
Pra honra e glória do no nome do Senhor, os leucócitos do Pedro estão em 2300 !!!! as plaquetas por volta das 200 mil ... e a necessidade da tomografia foi descartada, e os medicamentos que o Pedro toma em casa, os que aumentavam toda semana, não precisarão ser aumentados. As doses continuam as mesma, e a próxima consulta do Pedro será daqui a 3 semanas!!!!!!!!!!!

Mesmo com tanta coisa pra reclamar, o que eu tenho pra agradecer a Deus é muito mais que os problemas que aparecem!!!!!!!
Pedrinho tá bem, parou de reclamar de dor, e agora esses leucócitos ficarão como devem ficar.
Agradeço á Deus por tudo o que aconteceu. estamos bem, é no fim disso tudo, eu só tenho coisas boas pra contar.
Estamos bem, fiz um ultrassonografia ontem e o Artur está ótimo, está pesando 1282 gramas !!!! e estou com 28 semanas.
Agora é continuar em oração. Momentos dificies aparecem pra que os bons sejam ainda melhores!!!!

 Quero agradecer acima de tudo á Deus, que nos livra de todo mal, todos os dias, todos os minutos e segundos da nossa vida. Ao meu Senhor que nunca nos desamparou e sempre colocou em nosso caminho as pessoas certas pra nos ajudar. E sempre Deus nós mostra que está no controle de tudo, o importante é não perder a fé e confiar que o melhor de Deus sempre está por vir. Quero agradecer ao Major Gil, por ter se prontificado a ajudar rapidamente, aos Policiais que nos levaram ao hospital, a minha mãezinha, que mesmo estando muito nervosa conseguiu manter a calma pra que ficasse calma, e eu sei o quanto foi dificil pra ela, á Dra Aline Lisboa, que como sempre encheu meu filhinho de amor e cuidou muito bem dele quando chegamos na emergência.
Aos nossos amigos que se preocupam com a gente e tem orado sempre por nós, muito obrigada, e peço que continuem orando, pois a batalha continua, e todos os dias enfrentamos muita coisa pra permanecermos de pé.
Ao meu cunhado Vanderson e minha sogra que alegraram o Pedro no hospital quando chegaram pra nos buscar, e ao vizinho Agnaldo que emprestou o carro pra que voltassemos pra casa bem.


Estamos de pé, e assim continuaremos, pois somos Filhos de Deus, e debaixo da mãos dEle estamos protegidos.


Nenhum mal te sucederá, Nem praga alguma se aproximará da tua tenda.
Pois aos seus anjos ordenará ao teu respeito, Que te guardem em todos os teus caminhos.
Eles te susterão nas suas mãos, Para não tropeçares em alguma pedra. 
Salmos 91:10-12




quinta-feira, 14 de junho de 2012

Diário do Pedro. A alegria contagia!

Hoje fomos ao INCA, foi  a primeira consulta do Pedro.
Passei a semana toda sem conseguir dormir direito, tive sonhos horriveis, e meu coraçaõ estava apertadinho só em pensar em levar o Pedro lá.
A primeira fez eu fui sozinha, não tinha necessidade de levar o Pedro, pois era só questão de documentos e marcações de consulta, então eu fui sozinha.
Cheguei na triagem as 7 da manhã, e comecei a conversar com algumas pessoas que estavam lá, duas delas me marcaram muito.
Uma, estava indo lá pela mãe, que estava com diagnóstico de câncer na região do abdomem, e a outra era uma enferemira particular que acompanhava a familia pra a primeira consulta de um idoso que também estava encaminhado com diagnóstico de câncer.
A primeira, estava muito assustada, com medo, nunca havia entrado num ambiente daqueles, e tinha uma amor imenso pela mãe, o que mas queria era que o tratamento começasse pra que a mãe melhorasse logo, estava cheia de fé e confiante que tudo desse certo.
Já a segunda, acostumada a ver tantas coisas, só sabia falar a parte ruim de tudo, dizia que a mãe da outra moça poderia estar em estado terminal e não teria tratamento ali, e só trazia coisas ruins, falava um monte de coisas negativas pra moça, e eu não aguentei aquilo. Me meti na conversa e disse pra mulher que eu estava ali pelo meu filho, e que o câncer é uma sentença de morte se você estiver convencida disso. Você pode escolher lutar e vencer, ou se entregar e perder a vida pra essa doença.
Conversei com ela, e disse pra que ela não absorevesse as coisas ruins, o mais importante é a familia e a fé que temos em Deus. É dificil, é muito, mas temos que ser fortes, precisamos, por eles e por nós mesmo.
Com os olhos cheio de lágrimas, ela me agradeceu por ter ouvido aquilo, e foi ai que a outra mulher me perguntou o tipo da câncer que meu filho tinha, ela estava determinada a me colocar pra baixo. Pois pra muitos, nós temos que estar derrotados, de cabeça baixa e lamentando o tempo todo pela terrivel coisa que aconteceu na nossa vida.
Respirei bem fundo e respondi pra ela, então ela perguntou o nome do meu filho e eu respondi: Pedro. Na hora ela me olhou e disse, - coitado, todos os Pedros que conheço nasceram pra sofrer.
Eu precisei me controlar pra não encher aquela mulher de porrada!!!!!!! olhei bem no fundo dos olhos dela e disse com toda minha fé e confiança, - Então acho que você não conhece todos os Pedros, porque o meu Pedro nasceu pra vencer, ele é um guerreiro, muito mais corajoso do que muitos adultos que tem medo de injeção, encara todos os dias uma doença que quer devorá-lo, nunca reclamou de nada e sai de todas as quimioterapias com um sorriso enorme no rosto. tenho certeza que a senhora não sabe do que está falando.

E quando ela viu que a negatividade dela não iria me atingir, ela simplesmente se afastou.

Confesso que fiquei acabada por dentro, de ter ouvido aquelas coisas e visto o que tem pessoas que fazem de tudo só pra ouvir um história triste e sentir pena de você. Mas tenho certeza, que ela se decepcionou ao saber que existem pessoas que encaram a doença com toda força e alegria.

Hoje, o Pedro me mostrou isso mais uma vez, e reforçou tudo aquilo que eu havia dito praquela mulher.
Quando chegamos no INCA, Pedro começou a me " amassar" toda, me segurava no rosto, em beijava, me apertava, sorria, mechia com as pessoas, dava tchau e subia as escadas numa animação que só ele tem as 7 da manhã... e quando chegou na sala de espera, não parou 1 minuto. A vovó Claudia foi com a gente, e morria de vergonha de tanto que o Pedro bagunçava ali... não tinha um que não mechesse com ele... e o que mais me surpreende, é que estavamos na sala de espera da radioterapia, todos que estavam lá estavam com câncer, estava um silêncio... e aos poucos a gente ouvia os sorrisos timidos dos pacientes ao ver a alegria do Pedro.

E todos os dias ele me mostra que nasceu pra vencer!!!!!

E que venham as radioterapias, a gente coloca um sorrisão no rosto, fica careca, mas não deixaremos a nossa alegria, nunca.


E quero agradecer de todo meu coração á amiga Ruthinha Albernaz , que nos levou ao INCA, chegou na minha casa as 5:30 da manhã e nós levou até lá, esperou a consulta e nos trouxe de volta. Muito obrigada pela ajuda, muito obrigada mesmo. Uma pessoa encantadora e maravilhosa, e o começo de uma amizade linda! muito obrigada mesmo!!!!

Dia 29, Pedrinho vai passar pelo simulador, será sedado e fará as marcações para colocar o capacete para receber as radioterapias. E estaremos lá, com a mesma alegria de sempre, ou até mais!!!!

E amanhã, peço a todos que orem pelo Pedro, ele fará exames de sangue no IPPMG e veremos as taxas de Leucócitos que terá que ter baixado!!!! Peço a todos que façam conosco uma corrente de oração pra que tudo dê certo.

Deus está no controle! de tudo !

Pedrinho na Band






Mais uma vez agradecemos a Tv Bandeirantes por sempre apoiar a doação de medula, por serem tão humanos e nos ajudarem nesta luta.
Um agradecimento especial á produção, ao Bernardo, á Maíra,  a reporter Gabriela, ao jornalista Fábio Barreto e á todos que sempre tem nos apoiado na campanha de doação de medula.

E mais uma guerreira está na luta contra a leucemia. Vamos nos unir, precisamos de você, precisamos que por favor você se importe e seja doador de medula

Clique aqui e saiba como e onde se tornar doador de medula.


Esta é matéria que foi ao ar no Brasil Urgente rio, com Fábio Barreto, no dia 05/06.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

O bem mais precioso que Deus me deu.

Por estes sorrisos, por esta alegria, por esse olhar. Lutamos todos os dias com um sorriso no rosto e sabemos que vamos vencer.
Obrigada Senhor, por ter me entregado esse anjo pra que eu cuidasse, mesmo sabendo que é ele quem cuida de mim...

Por favor amigos, seja um doador de medula, e ajude me ajude a continuar vivendo momentos como esses...
Clique aqui e saiba onde e como se tornar um doador de medula







sábado, 9 de junho de 2012

Tem mais gente precisando de você!

Sabe quando eu falo que a Leucemia não escolhe cor, raça, idade, religião e classe... ela simplesmente aparece, ela surge e você precisa se preparar pra lutar contra ela, e tem que ser rápido, pois ela não nos dá muito tempo.
Essa linda moça que aparece no vídeo, foi diagnósticada com Leucemia, ela também é moradora do Rio de Janeiro, e está internada á 1 mês, precisando urgente de um doador de medula!!!
O nome dela é Karina Lopes, e está precisando muito das nossas orações e de doadores de medula.
Hoje, ela está pedindo, e amanhã, quem estará? Você?

Este é o blog dela:  http://karinablogdavirada.blogspot.com.br/


E essa é a matéria que o SBT fez com o namorado dela, Sandro Batalha, e os amigos que fazem as campanhas em busca de um doador de medula.


Se importe, por favor... muitos precisam de você.
Clique aqui e saiba onde e como se tornar um doador de medula.

Fazendo o bem, sem olhar a quem!

Cada dia é uma luta, e quando terminamos o dia, agradecemos á Deus pela vitória de cada dia.
Poder dormir e acordar com meu filho, senti-lo respirar, feliz... admirar cada sorriso e cada coisa que ele aprende a fazer. Poder ver meu filho superando cada obstáculo que a vida lhe impõe, é tão graditificante, são tantas bençãos, que apesar das lutas, tenho muito o que agradecer á Deus.
O Pedro tem 2 anos, e muito mais "bagagem" de vida do que muita gente de 60, e cada dia ele se supera.
Deus foi muito bom comigo, de ter me escolhido para acompanhar essa luta que vai terminar em vitória, como todos os dias.
Pedro nos ensina muito, muito mesmo, todos os dias ele nós ensina a sermos fortes, a acreditarmos e a encararmos tudo com um belo sorriso no rosto.
A nossa fé as vezes foi abalada por tantas coisas, mas logo depois ela se renova.
Deus tem colocado pessoas incrivelmente especiais na nossa vida, e sei que se não fosse pelo diagnóstico do Pedro, talvez nunca teriamos a chance de conhece-las. Conhecemos e vivemos num mundo onde nunca imaginamos estar, e estamos nele lutando bravamente por cada dia. E não é só o Pedro, tem muita gente lutando pela vida. Muitas pessoas, tantas que vocês nem imaginam.
E não é apenas o paciente que precisa da cura, a familia, os amigos, os parentes, os médicos... todos esperam pela cura. O Câncer envolve muito mais do que o paciente.
E pra muitos a cura não está nas quimioterapias, nem nas radioterapias. Assim como o Pedro, outras 1200 pessoas aguardam pela graça de receber um transplante de medula, e assim receber a chance de viver.
O Pedro tinha um doador, depois ele estava indisponível pra doação... então nos reerguemos, renascemos para conseguir outro doador. E estamos nesta luta.
Muitos recebem o pedido de ajuda realmente querendo ajudar, outros não se importam, outros só fingem interesses e outros realmente ajudam!
Precisamos muito de ajuda, de todos os tipos de ajuda. Mas a que mais precisamos é de pessoas que queiram  salavar a vida de alguém. Torço pra que seja o meu Pedro, mas a alegria que sinto em meu coração ao saber que outra pessoa está recebendo a cura é indescritivel. Saber que menos um anjinho estará sofrendo me enche de esperança. Isso nós renova, quando a fé é a única coisa que nos resta.
Acredito nas pessoas, acredito que elas podem fazer a diferença... A medula é a cura, e a doação é a única forma de conseguir isso! Precisamos manter a fé de que no mundo existam pessoas que realmente se importam, que escondem seus medos e enfrentam o desafio e com orgulho e amor doam um pouquinho dela pra que muitos sejam refeitos.
Imaginem a dor de uma mãe sabendo que cada dia com seu filho pode ser, na verdade, menos um dia com ele, pois ainda não tem o doador que é o único que pode SALVAR A VIDA dele. Lidamos com a morte todos os dias. A leucemia é muito silenciosa, quando ela ataca, ela ataca pra matar. Isso é muito deseperador, e é muito mais saber que as maioria das pessoas não importam, mesmo sabendo que são a cura pra isso.
Imaginem a dor de um filho ao ver seu Pai ou sua Mãe lutando pela vida, lutando pra se manter mais um dia com seus filhos, sem saber até quando poderá abraça-los e estar perto deles.
Imaginem a dor de um marido ou de uma esposa, ao ver aquela pessoa que escolheu para passar o resto da vida ao seu lado, lutando para sorrir, para permanecer viva mais um único dia, pois ainda não tem o doador e não sabe até quando poderá estar ao lado do seu amor.
Imaginem a pessoa que luta contra a leucemia todos os dias. Na cabeça dela, no pensamento dela, ela precisa acreditar que o doador virá, que alguém se importa, pois é preciso esperança pra continuar, mesmo sabendo que quem poderia ajuda-la não se importa com a dor que ela sente ao saber que pode morrer a qualquer momento.

Lembre-se, a leucemia não tem hora pra aparecer. A doença pode surgir em qualquer época da vida de qualquer pessoa, sem escolher cor, classe ou raça.
Hoje eu imploro pra que se importem com a vida do meu filho e tantas outros que esperam com essa dor no coração que as pessoas se importem. E amanhã? quem estará pedindo ajuda? Você?
Não espere que isso aconteça com você ou com quem você ama pra que você se importe de verdade.



Abaixo você irá ler a carta de um doador de medula. Mas pra mim, ele não é apenas um doador de medula, ele é um doador de vida!!!!!!


" Em 2008 me tornei doador de sangue e, a partir deste momento, comecei a doar frequentemente. Em meados de 2010 cadastrei-me como doador de medula óssea, como um gesto de solidariedade, pois sabemos que a probabilidade de se achar um doador compatível é muito baixa. Passaram-se alguns meses e, num almoço em família em novembro, recebi um telefonema da assistente social do hemocentro de Dourados, ela foi a responsável para entrar em contato comigo buscando saber se ainda era voluntário à doação de medula óssea e, ao dizer que sim, pediu-me para ir ao hemocentro novamente para a coleta de novas amostras de sangue para a realização de exames de probabilidade celular. Ao saber que um receptor era compatível com o meu tipo de medula fiquei tenso no primeiro momento, todavia, tomado de um grande sentimento de felicidade, pois realmente queria ajudar. Mas desde quando as amostras foram enviadas para o Rio de Janeiro, eu não obtive mais informações para saber se realmente poderia ser ou não o doador. Sempre tive muita fé, e em minhas orações, mais do que nunca, pedi a Deus para que sua vontade fosse feita, independentemente de conhecer ou não o receptor.
Em fevereiro recebi a ligação de uma psicóloga do REDOME (Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea), fazendo as mesmas perguntas antes feitas pela assistente social, a título de confirmação sobre a minha opção de doador. Então ela confirmou que eu seria o doador por ser 100% compatível com o receptor, o que é mais raro ainda, mas encerrou a ligação alertando-me sobre o fato de não poder conhecer a pessoa que receberia a doação, pois passaria por tratamentos intensos e dolorosos, por maior que fosse a minha insistência em conhecê-lo, todo o processo teria que se realizar no anonimato.
No início de maio fui até o Rio de Janeiro para realizar uma série de exames necessários, dentre eles uma preparação psicológica pré-cirurgica. Os resultados, ao saírem no dia seguinte, estavam todos aprovados, informação que recebi numa pré-consulta com a Dra. Simone, a médica responsável pela cirurgia, que já estava marcada para o dia 08 de junho. Ao voltar para Dourados, conversei com minha chefia explicando que precisaria me ausentar por um tempo logo após a cirurgia e graças a Deus ele disse que seria possível. Meus amigos ficaram tensos e muito apreensivos, alguns até me chamaram de louco e outros demonstravam muito medo, mas sempre me apoiaram em minha decisão. No dia 07 de junho, fui novamente ao Rio de Janeiro, dei entrada no centro cirúrgico e me preparava para uma cirurgia que teve uma duração de 01 hora e 20 minutos, esta registrada em inúmeras fotos que, não só guardarei como lembrarei com muito carinho pro resto da vida, pois foi um momento especial, onde sabia que estava fazendo a coisa certa. Fiquei em observação por 24 horas, e no dia seguinte a Dra. Simone veio me dar a notícia de que a cirurgia foi um sucesso, e que tudo estava bem, e que o receptor já estava transplantado e sentia-se muito bem.
Após a recuperação, voltei a exercer normalmente as minhas funções no ambiente de trabalho. Foi muito gratificante ver o reconhecimento dos colegas , pelo ato de solidariedade que, hoje, faço questão de incentivá-los a pensarem melhor nessa prática. Apesar de já estar decidido a fazer a doação, ouvi com humildade a opinião de cada colega, o que refletiu sim, na minha decisão; foquei com muita disciplina o meu objetivo e quem se beneficiaria com ele: um ser humano que lutava pela vida! A tensão foi grande, a ansiedade também e o medo então, claro, faz parte, mais o equilíbrio emocional se manteve graças ao meu foco, a alegria de doar vida em vida! E não parei por aí não!  "


Weslley Mendonça, no dia 8 de junho de 2012 ele estava salvando a vida de alguém. Com 920 ml de sangue ( medula ) ele acabou com o sofrimento de alguém e deu á essa pessoa a chance de viver.
Por mais que ele tenha se alegrado ao poder salvar a vida de alguém, ele nunca saberá realmente o que ele fez. Ele fez muito mais do que doar medula. Ele reconstruiu sonhos, ele reconstruiu vidas, ele fez com que muitos mantesse a fé e a esperança. A graditão que a familia terá pra com esse doador jamais poderá ser paga. Deus irá recompensa-lo grandemente. As bençãos dos céus que cairão sobre a vida dele jamais cessarão, porque ele cumpriu a mais linda mensagem que Deus deixou pra nós... Amai o teu próximo como a tí mesmo . E em qualquer momento que ele precisar, certamente Deus enviará um anjo pra ajuda-lo, alguns ele verá, e outros, estarão por perto, e sem vê-los ele apenas sentirá... Ao Wesley, meu mais profundo agradecimento por ter renovado minhas esperanças e minha fé de encontrar também um doador pro meu Pedrinho.



Tenho fé, de que a medula do Pedro também vai chegar!!!!!!!

A cura da Leucemia, é você. Pense nisso, mas pense agora.


Clique aqui e saiba onde e como se tornar um doador de medula.

terça-feira, 5 de junho de 2012

Diário do Pedro

Todos os dias me pergunto, onde poderia levar meu filho para que ele ficasse mais seguro?
A casa onde moramos é perfeita pra ele, da porta pra dentro, da porta pra fora é o único lugar onde ele não poderia ficar. Mas não temos opção, não tem como sair de onde estamos, e está cada dia mais dificil mante-lo dentro de casa. ele quer ir pro quintal, brincar, correr, pular e se divertir lá fora, mas é tudo MUITO perigoso, muito mesmo. Como a propriedade não é minha, não posso fazer muita coisa, só mesmo mantê-lo dentro de casa. Pedrinho fica com a carinha nos vidros da janela, só olhando as coisas do lado de fora, e me pede pra ir lá.
Mas depois que tomei a decisão de mantê-lo dentro de casa a maior parte do tempo, incrivelmente o Pedro nunca mais internou com nenhuma intercorrência de neutrôpenia, que é quando a imunidade dele fica muito baixa e qualquer bactéria faz com que ele tenha febre e precise de internação por mais de 5 dias para tomar antibióticos.
Havia voltado a estudar, e o tempo que eu precisava deixar o Pedro longe dos meus cuidados, era certo de quando eu chegasse o Pedrinho ter diarréia. Então larguei tudo novamente, e ele não teve mais nada disso.
Comecei a mudar radicalmente tudo o que ficava envolta do Pedro.
A casa tem ficado 100 vezes mais limpa, passo pano mais de 3 vezes no mesmo dia, e lavo a casa toda á cada 4 dias. A comida do Pedro tem ficado bem mais cara, compro porções embaladas à vácuo, e é tudo preparado em água mineral, aquela de galões mesmo. Não dou comida requentada pra ele, então faço comida 2 vezes no mesmo dia.
Mesmo durante o tratamento eu vacilei com os cuidados do Pedro, porque eu cuidava, mas algumas pessoas que ele tanto gosta não tinha o mesmo cuidado que eu. E sei o quanto o Pedro gosta dessas pessoas, por isso permitia que o Pedro as visitasse frequentemente e outras coisas, que na verdade estava prejudicando meu filho.
Sei o quanto é dificil pro Pedro ficar tão "preso" mas isso tem sido fundamental pro tratamento dele.
É claro que existem episódios de febre, muitas provocadas pela queda brusca de componentes do sangue, pelas quimioterapias e outras até pelo "estalo" da medula quando quer funcionar. Mas algumas internações do Pedro foram por descuido, e isso me revolta.
Mas só em ver meu Pedro com os exames sem mostarem infecção, sem febre, sem diarreia ou picadas de insetos, isso já me dá muita tranquilidade, pois agora eu consegui tomar o controle da situação e com isso meu filho tem ficado muito melhor.
Mesmo sabendo da vontade que ele tem de ir em determinados lugares e ficar chamando algumas pessoas, eu sei que estou fazendo o melhor por ele, mesmo que ele não entenda isso, mas quando ele precisa ficar internado, tomar medicamento na veia, ser puncionado mais de 15 vezes num dia pra achar um acesso, sou eu que vejo o quanto ele sofre, e sou eu quem tem que segurar o Pedro enquanto ele grita por ajuda.
E quase 1 ano após o inicio do tratamento, tenho que ficar lidando com situações que fazem com que o Pedro fique ainda mais agitado pra sair, e as pessoas sabem da situação, mas fazem questão de ainda dizerem que estou errada, pois  o "coitadinho" fica trancado o dia todo.
Tenho fé de que um dia vamos sair de onde moramos e dar pro Pedro um quintal enorme, lindo e bem limpinho pra que ele e o Artur brinquem bastante sem ter medo de nada, vamos ter uma casa grande, cada um com seu quartinho e uma sala bem espaçosa onde todos nós possamos brincar e correr, e um lugar pra colocarmos a mesa e fazermos as refeições juntos como uma familia.
Enquanto isso, Pedrinho vai continuar trancadinho no único lugar que considero seguro pra ele, que é a casa dele, pequenininha, apertadinha, mas limpinha!
Eu achava até que estava ficando doida, e neurótica com tanta coisa, mas não é não. Isso é cuidado, porque quem ama cuida e cuida de verdae.
Algumas vezes, quando somos convidados á ir na casa de alguma amiga, antes de chegarmos elas limpam tudo, com pano e alcool, tiram o pó e guardam tudo aquilo que acham que pode apresentar algum risco pro Pedro, e eu nunca pedi isso, mas elas sabem o quanto limpeza e cuidados são importantes pro Pedro, então eu consigo levar o Pedro até lá, pra brincar um pouco e se distrair, e ele vai e volta sem apresentar nada de diferente, há não ser o cansaço dele depois de fazer muita bagunça. Esse cuidado que elas tem com meu Pedro tem um valor enorme pra mim, pois eu consigo ver que realmente se importam e querem nossa companhia. Em outros casos, nada era cuidado, e pelo amor do Pedro á essas pessoas eu o levava até lá, e ele sempre apareceia com alguma coisa na pele, picadda de inseto e a roupa suja. Então, como não tenho o poder de mudar ninguém, e nem a maneira de tratarem o Pedro, eu mudei a maneira de tratá-las. O cuidado do Pedro é minha responsabilidade e não posso passar isso pra ninguém.
E tudo tem sido diferente desde então, e pra melhor.
Hoje, procurando um pouco mais sobre a Leucemia e o transplante, encontrei um blog maravilhoso. Esse blog é o relato de uma paciente com Leucemia que passou pelo transplante de medula e conta tudo o que passou antes e depois do transplante. Ela conta também sobre os cuidados que os médicos pediram pra que ela tivesse durante o tratamento e ressalta a importância de seguir todoas as orientações médicas.
É um blog muito interessante, tanto pra quem passa por isso, quanto para os familiares e amigos de pacientes que passam pelo tratamenbto contra a leucemia.

Este é o link do blog da Tay, ela tem 18 anos e descobriu a doeaça aos 12 anos.
http://tmovida.zip.net/


Amigos, me desculpem o desabafo, mas é que o tempo vai passando, e alguns esquecem que o tudo isso só vai acabar quando o Pedro consegui fazer o transplante, e ainda teremos mais alguns anos de luta pela frente. E seria menos pesado pra mim, se as pessoas que pudessem me ajudar, me ajudassem de verdade!
Eu ainda preciso me convercer todos os dias de que estou fazendo o melhor pelo Pedro, mesmo que isso custe a liberdade que ele tanto gosta! 

Eu sei que Deus tem o melhor pra minha familia!!!!

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Precisamos da sua ajuda!!!

Mães de joelhos, filhos de pé! Em Tuas mãos meu Senhor te entrego o meu bem mais precioso, cuida e cura. O milagre que eu espero, Tú podes!


Amigos, quero pedir uma coisa muito importante pra vocês. Sei que nem todos irão ajudar, mas quero acreditar que os que fizerem farão com muita fé.
Vamos hoje as 20 hrs levantar um clamor para o meu Pedrinho, para que os exames dele fiquem nos padrões esperados, pelo Pedro Henrique do Vale que está na UTI com peneumonia, e pela pequena Brenda, que fez uma quimioterapia e está em estado grave na UTI pois logo após a quimio ela começou a vomitar muito sangue e o quadro dela é muito grave.
Vamos fazer essa corrente de oração, de joelhos pedindo a Deus que tudo dê certo.
Sem esquecermos de todas as crianças que hoje esperam pela cura, seja do Câncer ou de outro diagnóstico.
Contamos com todos, hoje as 20hrs, dedique alguns minutos do seu tempo pra pedir a Deus que entre com as bençãos Dele sobre a vida desses pequenos.
Quem puder compartilhe esta mensagem, e vamos nos unir numa corrente de oração e interceção à Deus !!!!


Reuna seus amigos, sua igreja, sua familia. Vamos pedir á Deus à Cura!!!! 


Meu Pedrinho!!!
A pequena Brenda.



O pequeno Pedro Henrique.






contamos com vocês nesta corrente de oração!!!!



sexta-feira, 1 de junho de 2012

Diário do Pedro_ orando pra melhorar!!!!!

Vamos reforçar as orações!!!!
Acabamos de chegar da consulta do Pedrinho, ele fez exames de sangue e aquela parte do sangue que precisava estar baixa ( Leucocitos ) está muito acima do que deveria estar.
Com os medicamentos que ele está tomando, os leucócitos deveriam estar entre 2 e 3 mil, e está em 6.200 , o que é muito alto.
Então a médica dele aumentou a dose dos remédios, o que ele tomava meio comprimido, agora ele passará a tomar 1 comprimido, e o outro, mais forte, que ele tomava 2 e meio, passará a tomar 4 comprimidos todos os sábados.
Creio que na próxima consulta esse indice estará mais baixo, tem que estar!
A medula dele precisa funcionar, me nome de Jesus. O Artur vai nascer em agosto, e depois disso ainda terá mais uns 20 dias para sair o resultado da compatibilidade, e mais o tempo de preparo para o transplante que é feito em outro estado. O corpinho dele precisa aguentar até lá, até o transplante.
Peço a todos que orem muito pelo Pedro, para que a medula dele funcione e que os exames saiam como o esperado.
E se você se importa com isso, se você tem amor pelo próximo, vá até o hemocentro da sua cidade e se cadastre como doador de medula. Você pode ser compátivel com o Pedro e aliviar esse sofrimento, e quem sabe o transplante ser feito antes.
Nos ajudem em orações amigos, nos ajudem sendo doadores de medula e divulguem pra que mais pessoas sejam doadoras.

Ontem fui ao INCA e a primeira consulta do Pedro para o começo das radioterapias foi marcada para o dia 16 deste mês.
Nossa correria contra o tempo já começou, o tratamento do Pedro não pode parar, e ele tem se saido muito bem apesar de tanta coisa acontecendo.
E além disso, preciso ficar brigando pra conseguir transporte pro meu filho. Meu esposo não pode mais nos acompanhar nas consultas, pois ele começou a trabalhar durante o dia, e não tenho como levar o Pedro sozinha. Entrei na justiça e a Juíza deferiu uma liminar obrigando a prefeitura de Nova Iguaçu a nos levar ao hospital, e caso eles descumpram isso, terão que pagar multa. E hoje precisei do serviço, avisei pra eles com 4 dias de antecedência, e eles não apareceram, saimos numa correria danada, chegamos atrasados para os exames do Pedro, e quando eu estava à 10 minutos do hospital, o motorista me liga querendo que eu parasse onde eu estava pra que ele buscasse o Pedro, NO MEIO DA AVENIDA BRASIL !!!! o horário que o Pedro tem que estar no hospital é as 8 da manhã, e eles chegaram na minha casa as 8 da manhã!!!!! Além de tudo, ainda tinha um outro paciente no carro, com outro diagnóstico e que iria pra um outro hospital.
Essas coisas me cansam ainda mais, tem o tratamento todo que é tão dificil e doloroso, e tenho que ficar brigando pelos direitos do meu filho. Fico revoltada e muito cansada. Eles não se importam com nada e não fazem nada pra ajudar a quem precisa.
Agora terei que ir pro forúm, com um laudo médico dizendo sobre a questão do hosrário, porque não podemos chegar depois das 8 no hospital, toda consulta dele tem exame pra fazer. E mais dor de cabeça e problema pra resolver.

Ah, meus amigos, orem pela minha familia... eu sei que algo muito bom estar por vir, pois a provação tem sido grande. Mas Deus está na frente da minha vida e sei que Ele tem o melhor pra nós.

Amigos, a conta da Vaquinha mudou, graças a Deus conseguimos uma nova conta, onde não temos dividas no banco e pode ser depositada na conta corrente sem desconto.
Então, pra quem quiser nos ajudar esta é a conta da vaquinha:

Banco Itaú
Conta Corrente: 06943-3
Agência: 0945
Vando Ribeiro da Silva
 (Papai do Pedro)